Grupos de apoio

Familiar-cuidador
Peruíbe - SP

Há sete anos, meu marido apresentou mudanças em seu comportamento e, com o passar do tempo, os médicos chegaram à conclusão que ele estava com a Doença de Alzheimer.

Meu marido sempre foi inteligente, culto, conheceu boa parte do mundo, participou da Segunda Guerra, em 1940, trabalhou muito e conseguiu se estabilizar na vida.

Para mim, estava sendo muito difícil aceitar a doença dele, vendo-o inerte, olhando para o vazio, cada dia mais dependente em tudo. Com o avanço da doença, ele não anda mais, não se alimenta sozinho, quase não fala, nem controla suas necessidades fisiológicas.

Fiz uma consulta com o Dr. Ivan Di Beo, em Peruíbe, que me orientou e estimulou a frequentar as reuniões do Grupo de Apoio aos cuidadores, da ABRAz em Peruíbe, o qual eu frequento desde novembro de 2007. Ouvi depoimentos, conheci as pessoas maravilhosas, responsáveis pelo grupo. Fiquei bastante emocionada por saber que não sou apenas eu parente de pessoa com Doença de Alzheimer.

Percebi e aceitei minha grande responsabilidade e assim vou cuidar do meu querido com mais amor agora. Somos casados há 45 anos e sempre tivemos uma união de muito amor e companheirismo.

Frequentando as reuniões, aprendi inclusive que preciso cuidar de minha saúde, porque meu marido depende muito de mim. Preciso dormir o suficiente e ter uma alimentação saudável.

Coloquei em pratica coisas que aprendi nas reuniões como jogar bola com ele, jogar dominó, baralho etc. Falo com ele o tempo todo e não aceito quando ele me responde com gestos, quero que ele fale.

Estou vivendo um dia de cada vez. Consegui afastar de minha cabeça a ideia de como será a morte dele. Estou mais calma, mais alegre o que tornou mais fácil cuidar dele. Agora consigo olhar para ele sem chorar, ele está também mais calmo e como gosta quando lhe faço carinho, dou-lhe beijos, abraços e assistimos aos programas de TV de mãos dadas.

Passo o mês contando os dias que faltam para a próxima reunião. Abençoadas as pessoas que trabalham e são responsáveis por esse Grupo de Apoio.