FONOAUDIOLOGIA E IMPACTO NA DOENÇA DE ALZHEIMER

Dia 9 de dezembro é celebrado o dia do fonoaudiólogo. Profissional que tem importância fundamental na linha de cuidado e acompanhamento de pessoas acometidas da doença de Alzheimer. A doença provoca alterações em várias funções cognitivas, na memória, comportamento e funcionalidade. Sendo uma doença degenerativa necessita de estímulos, exercícios e terapias de reabilitação especializadas. A fonoaudiologia atua fundamentalmente nos distúrbios de comunicação e na deglutição.

Nas atividades de linguagem, promove maior tempo de comunicação verbal, melhor conexão com meio ambiente atuando também na autonomia. Na deglutição, os exercícios de promoção, prevenção e reabilitação em estratégias diferentes para fases diferentes proporcionam melhora da aceitação alimentar, maior tempo do grande prazer de alimentação via oral e redução risco de broncoaspiração que tem grande impacto na saúde com complicações e infecções. A ausência do acompanhamento da fonoaudiologia nas fases da doença tem impacto negativo na evolução da qualidade de vida da pessoa com Doença de Alzheimer.

Participe do Grupo: vivabemuol.abraz.org.br

Carla Núbia Borges
Geriatra
Diretora Científica da ABRAz Nacional

Karina Gurgel
Fonoaudióloga
Coordenadora da comissão científica nacional de fonoaudiologia da ABRAz Nacional

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *