Páscoa, a vida que se renova

Está tudo tão mudado… Essa Páscoa está diferente, mas o seu real significado de esperança, renovação, compaixão e amor fraternal permanece, e para sempre será. Em tempos de pandemia, a vida está precisando não só ser reorganizada, mas também ressignificada. E se a Páscoa é tempo de reflexão, precisamos avaliar o que nos quer dizer tudo o que está acontecendo ao nosso redor.

Será que o universo não nos está pedindo evolução? Que nos miremos, de todo o coração, na luz emanada do renascimento do Cristo e relembrada na Páscoa, cultivando-a na nossa vida diaria, em sua plenitude? Sim, o dia a dia precisa de renovação! Nossas decisões devem ser revisadas para sermos coerentes e justos. Nossas relações precisam ser renovadas e cultivadas no amor e na compreensão.

Nossos pacientes com demência sofrem mudanças a cada fase. As famílias precisam acompanhar e seguir juntas nessas mudanças, se ajustando e se apoiando em cada nova rotina da linha de cuidado. Assim como acontece na vida, tudo para eles muda – e muda rápido. É preciso estar atento, entender e manter o coração sempre aberto. Nessa Páscoa diferente que estamos vivendo, portanto, percebemos o quanto é importante refletir sobre o elo familiar e o bem maior, que é a vida.

A Páscoa é esperança Divina para a humanidade. Esperança de sermos mais humanos e mais fraternos dentro da própria família. Desejamos uma feliz Páscoa de renascimento no coração de cada um, no seio de cada lar, na simplicidade do amor e na força que emana desse sentimento. Vai passar. E precisamos estar melhores quando esse dia chegar.

#abrazalzheimer #alzheimer #vivabemuol

Carla Núbia Borges

Médica Geriatria; Diretora Científica da ABRAz.

Revisão jornalística:
Voluntária Rebecca Melo DRT (1349/SE)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *