Encurtando as distâncias nas Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPIs) em meio ao cenário do coronavírus

Quando um inimigo invisível e desconhecido nos ataca física e emocionalmente, grandes desafios se apresentam nos residenciais geriátricos e similares. Como os idosos vão lidar com a restrição de visitas? E com as terríveis notícias veiculadas na mídia? As famílias vão estar satisfeitas com o que se fizer? E os funcionários conseguirão lidar com o stress de se expor, não podendo trabalhar em home office, seguindo as recomendações de distanciamento social?

São tantas as questões exigentes de atenção, que parece plausível partirmos de um pressuposto básico: estamos todos no mesmo barco. Embora bastante simples, nem sempre é fácil de ser colocado em prática pelos gestores de uma ILPI. De fato, e ainda mais neste momento de crise, a ideia de que existe ‘eu e eles’ – entre instituição, funcionários, residentes e/ou familiares (em todas as combinações possíveis) – acaba sendo bastante tóxica, danosa para o funcionamento de um sistema em que todos são peças importantes para que os entendimentos, estratégias e ações aconteçam direcionadas para um fluxo o mais próximo possível do ideal.

Paradoxalmente, o tempo é de aproximar, mesmo que virtualmente. Estar aberto, antes de mais nada, à consciência do nosso desconhecimento e da necessidade de um diálogo franco envolvendo todas as partes. É daí que surgirão construções criativas, suficientemente capazes de nos manter firmes na linha de frente, e que possam acalmar minimamente nossa alma aflita em contato com uma realidade tão dura e assustadora. Se ela exige o melhor de cada um de nós, o que temos fica muito mais forte junto a outros.

#abrazalzheimer #alzheimer #vivabemuol

Dr. Eduardo Hostyn Sabbi

Médico psiquiatra especialista no atendimento de idosos, mestre em Ciências da Saúde, proprietário da Vitalis Morada Sênior e Presidente da ABRAz Regional RS.

Revisão jornalística:
Voluntária Rebecca Melo DRT (1349/SE)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *