Idosos no mundo digital na pandemia COVID

Essa pandemia da Covid 19 desenhou um novo cenário para a informação e para a interação digital . A informação chega em uma velocidade avassaladora que mal conseguimos filtrar . A incerteza de ontem pode ser a verdade de hoje e a mentira de amanhã. Nesse contexto, uma enorme parcela da população se viu inserida de modo repentino no mundo digital , não somente para obter as informações como também se sentir menos solitário no período de isolamento em suas casas .
A quarentena acabou acelerando a entrada dos idosos no mundo digital e pessoas na faixa etária de 60 anos ou mais têm se mostrado bons navegadores das mídias digitais, dos sites de compras on line e dos grupos para interação, até por que , a maioria dos idosos que estão na quarentena sozinhos já eram independentes .
Mas nem todos conseguem ter acesso à essa miríade de possibilidades tecnológicas , seja por exclusão digital , seja por não possuírem habilidades e conhecimentos básicos de informática , seja por que dependem de seus cuidadores ou até mesmo por questões financeiras .
Independente de qualquer razão , a tecnologia tem que ser facilitada para esse grupo etário como por exemplo, áreas de cliques maiores , letras maiores , menos janelas e é importante que o idoso veja a tecnologia da internet como aliada e não como um fator estressante !

Participe do Grupo Viva Bem UOL no Facebook: “Alzheimer: desmistificando os cuidados” (https://bit.ly/vivabemuol)

#abrazalzheimer #vivabemuol

Dra. Ana Luísa Rosas

CRM SP 97199
Médica Neurologista e especialista em Alterações cognitivas e comportamentais das Demências.
Diretora Científica ABRAz – Regional São Paulo

Revisão jornalística:
Voluntária Rebecca Melo DRT (1349/SE)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *